/* */

DIGITO

2006/07/22

simples e difícil

Por que o simples é tão difícil? Sempre me faço essa pergunta quando invento de preparar o arroz. Nunca fica soltinho igual ao dos comerciais. Ou parecido com aquele que a mãe de um amigo sabe fazer tão bem.

Há três coisas simples que até hoje não aprendi fazer: arroz, feijão e lavar louça. Parece ser o mínimo necessário para sobrevivência numa cozinha. Mas, o paradoxo está justamente nisso. De resto, aprendi a fazer muita coisa. Do ovo frito ao churrasco, do miojo à lasanha, do pão caseiro ao croissant.

Mas, meu arroz fica tipo "unidos venceremos". Meu feijão, sem gosto e sem graça. E a louça, quase limpa.

Um dia a gente aprende. É... Assim muitas tentativas e erros... Ou talvez a gente só continue tentando... e nunca aprenda...

6 Comments:

  • Dígito querido!

    Sempre que lavo o arroz deixe ele escorrendo uns 20 minutos naquele escorredor próprio até ficar sequinho pra poder cozinhar. Eu acredito que aí é que esta o segredo :)

    By Blogger Marcia, at 9:03 PM  

  • Oie!!!
    Muitas saudades de você...
    Vim te dizer que voltei com meu blog, espero sua visita...
    Beijinhos
    Angel Kiara
    E-mail: angel.kiara@terra.com.br
    http://momentosdeangelkiara.zip.net

    By Anonymous Anônimo, at 12:40 PM  

  • Eu ainda não aprendi, então não posso falar nada...

    By Blogger Silvia Regina, at 10:30 AM  

  • Ahh, feijão é tão fácil de fazer!! Quer minha receita?
    um beijo!!

    By Blogger Zana, at 10:44 PM  

  • Dígito, mas o filme tb não é da MINHA época!!! Porque a MINHA época é hoje. Eu vivo no presente, no aqui, agora. :-)

    By Blogger Silvia Regina, at 10:09 AM  

  • Eu costumo dizer que se aprende através do sofrimento --e não dos erros, como dizem...

    E não existe melhor método de aprendizado do que "tentativa-e-erro" (c/ sofrimento, claro)... Nem o famoso "siga-o-modelo"...

    By Anonymous Jefferson de Souza, at 1:15 PM  

Postar um comentário

<< Home